Testes para Covid-19: Co-fundadora do Sabin, Janete Vaz, esclarece associados

Testes para Covid-19: Co-fundadora do Sabin, Janete Vaz, esclarece associados
Compartilhe:


Lucas Junqueira

Assessoria de Comunicação Social do Sinduscon-DF

Nesta quarta-feira (22), o Sinduscon-DF realizou transmissão ao vivo com a participação da co-fundadora do Sabin, Janete Vaz, que tratou de testagens e outros esclarecimentos sobre a Covid-19. O evento contou com a mediação do presidente do sindicato, Dionyzio Klavdianos e faz parte da programação especial da campanha “Construindo Laços”.

Klavdianos iniciou o evento reforçando a importância do debate e a mobilização do setor quanto a segurança e saúde dos funcionários. “Diferente dos demais, tivemos a condição de continuar trabalhando em meio a pandemia e temos conseguido fazer um bom trabalho neste quesito. Empresas se conscientizaram, prontamente atendendo nossas cartilhas e discussões”, afirmou.

Janete Vaz iniciou a palestra destacando a importância de se falar um pouco mais do papel individual de cada cidadão no processo da pandemia. A co-fundadora do Sabin discorreu sobre os três métodos de testagem realizados pelo laboratório, o retorno das atividades econômicas e educacionais, previsões sobre vacinas, entre outros.

O evento foi aberto para perguntas. As principais dúvidas giraram em torno das estratégias do GDF em relação a testagem da população e a regionalidade dos resultados, a retomada das atividades, além da confiabilidade e melhores escolhas de testes para o setor.

Segundo Janete, o vírus ainda passa por investigações quanto a sua estrutura e a vacina deve entrar em processo de comercialização apenas em 2022. Desde o início da manifestação da doença no Brasil, o Sabin trabalha no seu enfrentamento. Só em Brasília, já testou mais de 10.500 pessoas, de acordo com dados apresentados.

O presidente do Ademi-DF, Eduardo Aroeira, participou do evento e reforçou a importância dos assuntos abordados. “Reuniões como essa caminham para esclarecer. Todos estamos ansiosos para solução dos problemas, mas às vezes precisamos parar e ver mais tecnicamente para escolher o melhor caminho a se seguir”, reforçou.

Confira a transmissão na íntegra: https://bit.ly/2XZOnyA

Voltar