Índice de Velocidade de Vendas: em abril, Noroeste registra três novos lançamentos e maior volume de unidades vendidas

Índice de Velocidade de Vendas: em abril, Noroeste registra três novos lançamentos e maior volume de unidades vendidas
Compartilhe:

Assessoria de Comunicção Social do Sinduscon-DF e Ademi DF

O mercado imobiliário do Distrito Federal manteve desempenho positivo no mês de abril e fechou o primeiro quadrimestre de 2022 em franca expansão. Dados da pesquisa Índice de Velocidade de Vendas mostram que o indicador alcançou 8,3%, em um mês marcado por cinco lançamentos e a oferta de 300 novas unidades residenciais. Em abril, foram comercializadas 392 unidades. O bairro do Noroeste foi o que registrou maior volume de lançamentos – com três empreendimentos; e de vendas – com a comercialização de 85 unidades. Outras duas regiões do DF tiveram vendas significativas: Samambaia, com 63 unidades; e Planaltina, com 59 unidades.

“Nosso mercado continua resiliente a despeito das mudanças na conjuntura econômica, numa demonstração da confiança do empreendedor e do comprador”, avalia Eduardo Aroeira Almeida, presidente da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi DF). “Há uma demanda por moradia e nossas associadas têm conseguido oferecer imóveis de qualidade em condições viáveis para aquisição. O acesso ao financiamento também continua facilitado, estimulando o comprador a tomar a decisão”, acrescenta, destacando que o imóvel é uma excelente opção de investimento.

“Desde fevereiro de 2018, o mercado imobiliário de imóveis novos do Distrito Federal tem mantido velocidade de vendas acima de 5%, que é o mínimo esperado para um mercado saudável. Isso mostra que temos um bom equilíbrio entre oferta e demanda, o que deve proporcionar um futuro ainda mais promissor”, acrescenta o vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF).

Termômetro do mercado – Iniciativa conjunta da ADEMI DF com o SINDUSCON-DF, a pesquisa Índice de Velocidade de Vendas é realizada pela Opinião Informação Estratégica:
• O Índice de Velocidade de Vendas é uma sondagem mensal junto às construtoras e incorporadoras mais representativas do Distrito Federal, funciona como um termômetro do mercado imobiliário e mede o ritmo de venda das empresas: quanto mais alto o índice, menor foi o tempo necessário para vender as unidades dos empreendimentos no mês.
• Um Índice de Velocidade de Vendas mensal de 5% traduz um mercado saudável e com ritmo de vendas positivo: quando o indicador está acima deste patamar, demonstra expansão mais acelerada na transação de imóveis. É um sinal da tomada de decisão do consumidor.
• Criada há sete anos, a pesquisa Índice de Velocidade de Vendas acompanha o desempenho de imóveis residenciais verticais (apartamentos) e novos.

De janeiro a abril, associadas da ADEMI DF lançaram 11 novos empreendimentos – 4.718 unidades residenciais novas estão disponíveis no mercado. Em abril, além do Noroeste, Guará e Park Sul também registraram lançamentos. A pesquisa Índice de Velocidade de Vendas aferiu que 89% das unidades comercializadas em abril estão em obras.

 


 

Voltar
Enviar mensagem no WhatsApp