GT Academia e Mercado: Sinduscon-DF e Unieuro firmam termo de cooperação técnica

GT Academia e Mercado: Sinduscon-DF e Unieuro firmam termo de cooperação técnica
Compartilhe:

Lucas Junqueira
Assessoria de Comunicação Social do Sinduscon-DF

Na última segunda-feira (14), Sinduscon-DF e Unieuro assinaram termo de acordo de cooperação técnica de estudo no setor da construção civil. O centro universitário é mais uma das instituições participantes da ação do Grupo de Trabalho Academia e Mercado, da Diretoria de Materiais (Dimat). O trabalho desenvolvido será nos canteiros das associadas ao sindicato - Villela e Carvalho e; Carvalho Accioly.

A ação, iniciada em setembro, é estruturada a partir da relação de onze canteiros de obras participantes do projeto Indicadores do Concreto e oito instituições de ensino do Distrito Federal. Cada universidade designará um aluno para um canteiro (determinado via sorteio), onde serão desenvolvidos estudos de produtividade do serviço de concretagem de elementos estruturais. 

Inclusive, uma das participantes da ação, a estudante de engenharia civil Juliana Santana, do Centro Universitário de Brasília (Ceub), já está integrada ao canteiro de obras da TECNA Construtora. No local, está sendo construída uma residência de alto padrão de 2000 m². A experiência dela foi apresentada na última reunião do GT em 2020.

Segundo Juliana, a oportunidade está sendo muito favorável devido ao aprendizado obtido e a vivência em um canteiro de obras. ‘’É muito interessante ver quando surgem problemas e como solucioná-los, ver erros de projetos e fazê-los da forma correta, acompanhar concretagens, entre outros’’, completou.

A estudante ainda ressaltou que a sua formação acadêmica tem sido muito beneficiada  pela experiência. ‘’Estando dentro de um canteiro de obras, vemos que em sala de aula aprendemos muito, mas não tudo. Ali, aprendemos a lidar com tudo que acontece na prática’’, afirmou.

Walter Vasconcelos, coordenador do GT, acredita que a ação contribuirá com a formação de estudantes de engenharia. ''Acreditamos que a ponte levará aos nossos alunos uma melhor oportunidade de praticar o exercício profissional em canteiros de obras'', completou.

Durante a reunião, também foi debatido o Termo de Abertura de Estudo, uma proposta para o estudo da produtividade do serviço de concretagem de elementos estruturais de pavimentos-tipo de obras de edificações habitacionais de Brasília.

Para informações sobre o retorno das atividades do GT Academia e Mercado e mais detalhes sobre como participar, entre em contato pelo número (61) 3234-8310, ramal 205, ou pelo e-mail dimat@sinduscondf.org.br.

Voltar